sexta-feira, 12 de outubro de 2012

11 de Outubro - Dia da Pessoa com Deficiência Física é hoje



Respeito e visibilidade da população são vitórias alcançadas, mas ainda há desafios

Mural mostra pessoas com deficiência e amigos



Ontem foi comemorado o Dia Nacional da Pessoa Portadora de Deficiência Física. Em Mossoró, não haverá programação em alusão à data, mas a presidente do Fórum das Mulheres com Deficiência, Benômia Rebouças, aproveita a passagem do dia para lembrar os avanços alcançados e as barreiras que ainda precisam ser vencidas.


Para Benômia, a sociedade está mais preocupada com a questão e já demonstra mais respeito com relação ao assunto. Além disso, ela também comenta que já não observa mais a reação de espanto da população diante de pessoas com deficiência, e a sociedade também já reage com naturalidade diante de casais em que, um dos dois possui deficiência e o outro não. 
Ademais, hoje as pessoas com deficiência já têm acesso às universidades e a vagas no mercado de trabalho, através dos concursos públicos. Elas também ocupam cargos antes mais distantes como o de médico ou professor. Todas essas conquistas, como vêm sendo alcançadas, principalmente após a Segundo Guerra Mundial, quando muitas pessoas voltaram dos combates mutiladas e a sociedade teve que se voltar para a questão. 
Outra conquista diz respeito à união das pessoas para lutar por melhorias. "Eu vejo muita coisa mudando", afirma. "Mas ainda existe muita coisa para mudar", completa. 
Apesar de todos os avanços, no entanto, muitos obstáculos precisam ser vencidos. De acordo com a presidente do Fórum das Mulheres com Deficiência, os maiores desafios estão dentro da própria casa das pessoas com deficiência. Eles partem do comportamento das pessoas que sofrem algum tipo de acidente e ficam paraplégicas, por exemplo, até a postura da família, que acaba sendo, ainda mais, superprotetora. 
A própria Benômia encontrou dificuldades para seguir a vida e lutar por sua autonomia e sabe que nem todas as pessoas têm a coragem que ela teve. Muitas têm receio até de sair de casa. 


Além dessas dificuldades, existem ainda as barreiras físicas, que não oportunizam as condições de acessibilidade necessárias. De acordo com Benômia, certas situações acabam fazendo com que as pessoas se tornem 'invisíveis'. Essa realidade não será modificada enquanto a população, principalmente os gestores, não entenderem que a acessibilidade não é só para as pessoas com deficiência, ela é para toda a população. 
IN - A Companhia Arte Sem Limite está em fase de preparação para a estreia do espetáculo de dança contemporânea 'In', previsto para ser apresentado na noite de 18 de novembro, no Teatro Municipal Dix-huit Rosado. A data, segundo informa a diretora geral da companhia, Benômia Rebouças, pode vir a ser alterada. O que permanece intacto, no entanto, é a motivação dos integrantes do grupo. 
Os ensaios estão sendo realizados na Escola de Artes, todos os sábados, com exceção desse final de semana, que, por causa do feriado, o ensaio foi transferido para a segunda, 15 de outubro, às 14h.
Com relação ao nome do espetáculo, as letras que nomeiam a apresentação foram tiradas da palavra 'inclusão', mas têm ainda o objetivo de gerar expectativa no público. 
O espetáculo tem como diretor artístico Hebert Menezes. Já o figurino foi idealizado pelo grupo e desenhado por Yáscara.

Fonte:http://www.gazetadooeste.com.br/mossoro-dia-da-pessoa-com-deficiencia-fisica-e-hoje-5244

0 comentários:

Postar um comentário

Projeto do FMDMR.

Projeto do FMDMR.
Cia. Artes sem Limites

Divulgação do II Encontro de Mulheres com Deficiência

Divulgação do II Encontro de Mulheres com Deficiência
O Cartaz de divulgação do Concurso As Mais Belas Deficientes do Oeste Potiguar.
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget

Parceiro:

Parceiro:
Comissão de Apoio as Pessoas com Necessidades Especiais da OAB/MOSSORÓ.

FELIZ DIA INTERNACIONAL DA MULHER

FELIZ DIA INTERNACIONAL DA MULHER
Mensagem ao dia 08 de Março...nota saiu nos jornais da cidade.